Você provavelmente ouve todos os dias no jornal, na rádio ou na internet notícias sobre a inflação. Mas o que de fato ela representa?

O que é inflação

Em uma definição formal, a inflação é o aumento contínuo e generalizado dos preços no mercado. Talvez você já deva ter ouvido que, por conta da diminuição da inflação, os preços também estão caindo. Isso é uma meia verdade. A diminuição da inflação indica que os preços em geral ainda estão crescendo, mas a uma velocidade menor. Na verdade só é possível observar uma queda generalizada dos preços em um cenário de deflação.

Outro ponto importante para compreender a inflação é saber que não existe somente um único índice para medir o aumento dos preços. O mais utilizado é o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que acompanha a evolução dos preços de moradia, alimentação, saúde, transporte, entre outros. Entretanto, existem diferentes índices que mensuram os preços de outros bens, como o IGP-M, que mede os preços gerais do mercado e serve como referência para a correção de preços e valores em contratos.

E como a inflação impacta o seu cotidiano? Além, obviamente, dos preços estarem aumentando e o seu poder de compra diminuindo, conhecer as taxas inflacionárias pode te dar uma vantagem ao se programar para compras futuras. Mas cuidado, os preços não sobem ou descem de maneira uniforme entre todos os produtos. Já ocorreram situações, por exemplo, em que havia um cenário de deflação geral, mas ainda assim o preço da gasolina subiu. Isso acontece pois os índices são calculados como uma média ponderada de vários bens, ou seja, alguns preços podem estar subindo e outros caindo.

Gostou do texto? Comente e continue acompanhando o Blog da Econsult.