Entenda como posicionar seu empreendimento no mercado por meio da análise de fatores internos e externos, tais como: rivalidade entre concorrentes, dificuldade de entrada de novos concorrentes, poder de barganha dos consumidores, ameaça de produtos substitutos e poder de barganha dos fornecedores.

5 Forças de porter

Rivalidade entre os concorrentes

Mais importante das 5 forças, esse ponto traz à tona a competitividade do setor que se analisa.

Nos casos em que a competitividade é baixa duas hipóteses podem ser postas em consideração, baixa demanda pelo produto ofertado ou obsolescência deste, aspecto que é analisado mais a fundo pela ameaça de produtos substitutos.

Já quando a concorrência é mais forte pode-se inferir que a disputa por clientes será bem maior e há também a possibilidade do mercado estar saturado.

Ao fazer a análise desse ponto é importante que algumas perguntas sejam feitas. A primeira, qual a quantidade de concorrente e por qual meio a disputa é feita, preço ou outros diferenciais.

 

Dificuldade de entrada de novos concorrentes

Esse tópico pode ser visto de duas maneiras distintas, a primeira se relaciona mais quando se está se inserindo no mercado já a segunda leva mais em conta quando já se está estabelecido no setor contudo o objetivo das duas perspectivas é o mesmo descobrir qual é a facilidade da inserção de novos players no ramo.

As perguntas à serem feitas nessa parte se relacionam ao investimento inicial, a burocracia do setor e a existência de incentivos fiscais ou governamentais a criação de novas empresas.

 

Poder de barganha dos consumidores

Já esse ponto tanta determinar o quanto os consumidores influenciam na sua posição de mercado.

É importante levar em conta a participação de cada cliente na receita além de aliar essa análise a dos concorrentes para saber o quão disputado o consumidor é.

É imprescindível se perguntar nesse aspecto até que ponto o consumidor dita os termos do negócio.

 

Ameaça de produtos substitutos

Essa força é focada para os casos em que o maior risco não são os concorrentes mas sim a obsolescência do produto ofertado devido o surgimento de novas mercadorias ou serviços.

Portanto para pensar em inovação é preciso que perguntas relacionadas a automação de tarefas, protótipos de substitutos e soluções alternativas.

 

Poder de barganha dos fornecedores

Última força a ser analisada ela segue a mesma lógica do poder relacionado aos clientes.

Caso a quantidade de fornecedores seja baixa sua posição de poder é fraca uma vez que é você quem depende dele. Contudo, os papéis se invertem quando a situação é de alta competitividade pelo fornecimento, aí é o fornecedor que está em uma posição desfavorecida.